leprose


Also found in: Dictionary, Medical.
Related to leprose: leprosy, Lepers
Graphic Thesaurus  🔍
Display ON
Animation ON
Legend
Synonym
Antonym
Related
  • adj

Synonyms for leprose

References in periodicals archive ?
Ocorrencia da leprose dos citros, tipo nuclear (CiLV-N) nos municipios paulistas de Monte Alegre do Sul e Amparo.
The blue-gray, pruinose apothecia and green leprose thallus are good diagnostic features of this lichen.
Leprose lichens look like powdery patches strewn across the landscape.
phoenicis que passa a ser transmissor da leprose somente apos alimentar-se de tecido vegetal infectado com o virus, as medidas de controle da leprose nao devem basear-se somente na reducao da populacao do acaro vetor com acaricidas, mas, tambem, na eliminacao de fontes de inoculo de virus atraves de podas de ramos afetados pela leprose (RODRIGUES et al., 2003).
phoenicis, com aplicacoes de acaricidas sinteticos, tem sido atualmente a principal tatica de manejo da leprose dos citros e responsavel por uma parcela significativa dos custos de producao (BASTIANEL et al., 2010; ANDRADE et al., 2010).
Ela tem sido reportada como resistente a leprose e clorose variegada dos citros (CVC), o que poderia levar a reducao dos custos de producao (LARANJEIRA et al., 2001).
No complexo leprose dos citros, muita atencao e dada aos acaros do genero Brevipalpus por serem os transmissores dessa virose nao sistemica, que afeta ramos, folhas e frutos.
O acaro-da-leprose Brevipalpus phoenicis (Geijskes) (Acari: Tenuipalpidae) e uma das principais pragas da citricultura brasileira devido aos serios prejuizos causados a cultura, pois e o transmissor do virus da leprose dos citros (CiLV), doenca que provoca lesoes nos frutos, ramos e folhas, queda prematura de frutos, desfolhamento, morte de ramos e leva a um forte declinio das plantas (RODRIGUES et al., 2003).
Entre as doencas, destaca-se a leprose dos citros, considerada como a doenca viral de maior importancia economica para a citricultura brasileira, devido aos gastos necessarios para o controle do acaro vetor Brevipalpus phoenicis (LOCALI et al., 2004).
Todavia, acaricidas, como oxido de fenbutatin e pyridaben, tem reducao comprovada de sua eficiencia no controle do acaro da leprose Brevipalpus phoenicis, quando associados ao oleo mineral ou ao vegetal na calda de pulverizacao (CHILDERS; SELHIME, 1983; CHILDERS, 1997; OLIVEIRA et al., 2003).
O acaro Brevipalpus phoenicis (Geijskes, 1939) (Acari: Tenuipalpidae) e uma das principais pragas da cultura dos citros no Brasil por ser o vetor do virus da leprose dos citros (Citrus leprosis virus --CiLV), agente causal da leprose, que ha varias decadas e citada como uma das mais graves doencas da citricultura devido aos serios prejuizos que acarreta a producao (Oliveira, 1986; Rodrigues et al., 2001).
Este acaro e responsavel pela transmissao do virus da leprose dos citros (CiLV), que esta associado a sintomas como lesoes localizadas em frutos, ramos e folhas, queda prematura de frutos, desfolhamento e morte de ramos, que levam as plantas a um serio declinio (Rodrigues et al., 2003).
A ocorrencia de problemas fitossanitarios graves, como a clorose variegada dos citros (cvc), declinio, gomose, leprose, mancha-preta, alternaria e a morte subita dos citros, vem acarretando muitos prejuizos ao setor citricola.
O controle fitossanitario dos citros apresenta importancia economica por representar 6% do total de agrotoxicos consumidos no Brasil, sendo que mais de 60% dos acaricidas utilizados na citricultura sao destinados ao acaro Brevipalpus phoenicis (Geijskes,1939), que transmite o virus da leprose, devendo, portanto, ser mantido em baixa populacao nos pomares (CHIAVEGATO e KHARFAN, 1993; MAGGIONI, 1998; BASSANEZI, 2001).