divertimento

(redirected from divertimentos)
Also found in: Dictionary, Encyclopedia.
Related to divertimentos: divertimenti
Graphic Thesaurus  🔍
Display ON
Animation ON
Legend
Synonym
Antonym
Related
  • noun

Synonyms for divertimento

a musical composition in several movements

References in periodicals archive ?
Nao e, portanto, so o divertimento que ele procura: um divertimento mole e sem paixao o aborrecera.
Fuga e encontro, duas ilusoes que tomam o homem de assalto no fenomeno do 'Divertimento'.
Desse modo, na deriva do divertimento o homem permanece aprisionado as suas contradicoes, que implicam a tentativa inutil de preencher essa ausencia de uma referencia interior com distracoes e ocupacoes exteriores.
No entanto, ironicamente e por uma estranha reviravolta, na filosofia pascaliana a compreensao do fenomeno da dissolucao do homem na busca pelo soberano bem e pela felicidade, presente na analise do Divertimento, nos levara a adocao de outra referencia, que nao a racional, como modelo de interpretacao do homem.
Com efeito, a postura psicologica do homem frente ao fenomeno do 'Divertimento' e sempre ambigua.
Conforme apontado linhas acima, a grande ilusao criada pelo divertimento e o fato de que o homem o toma a serio, no sentido em que acredita (piamente e ardorosamente) que as ocupacoes e os passatempos que busca lhe trarao o autentico repouso e a felicidade.
Com efeito, para Pascal, o homem, na deriva do divertimento, deve sempre permanecer "[...] imaginando que seria feliz ganhando o que nao desejaria que lhe dessem a fim de nao jogar, a fim de formar para si proprio um motivo de paixao [...]" (Pascal, 1961, p.
O aspecto contraditorio do 'Divertimento', diz respeito ao fato de que se por um lado somos tomados pela angustia toda vez que estamos em repouso e nao nos ocupamos com algo, por outro lado imaginamos a possibilidade da conquista do repouso atraves de bens imaginarios.
Com efeito, e no contexto do Divertimento que e possivel perceber a relacao da miseria, cuja nota mais caracteristica e o vazio interior encontrado no homem, com a ideia de concupiscencia.
Dessa maneira, os dois movimentos contraditorios que constituem o proprio divertimento podem ser visualizados a luz de uma perspectiva crista: a predisposicao para a agitacao pode ser explicada pelo fato de que o homem nao reside mais em sua verdadeira natureza e nao possui referenciais que lhe capacitam a orientar a sua existencia, enquanto a busca por um objetivo final, que assume o papel de ponto fixo e sentido do Divertimento, e indicativo do desejo de retorno a essa natureza perdida.