force

(redirected from Força)
Also found in: Dictionary, Medical, Legal, Encyclopedia, Wikipedia.
  • all
  • verb
  • noun
  • phrase

Synonyms for force

Synonyms for force

power used to overcome resistance

effective means of influencing, compelling, or punishing

the strong effect exerted by one person or thing on another

the capacity to exert an influence

a group of people organized for a particular purpose

to cause (a person or thing) to act or move in spite of resistance

to compel by pressure or threats

to compel (another) to participate in or submit to a sexual act

Synonyms for force

a powerful effect or influence

an act of aggression (as one against a person who resists)

one possessing or exercising power or influence or authority

a group of people having the power of effective action

Related Words

(of a law) having legal validity

a putout of a base runner who is required to run

to cause to do through pressure or necessity, by physical, moral or intellectual means :"She forced him to take a job in the city"

urge or force (a person) to an action

Synonyms

Related Words

impose urgently, importunately, or inexorably

squeeze like a wedge into a tight space

force into or from an action or state, either physically or metaphorically

Synonyms

take by force

Synonyms

Related Words

References in periodicals archive ?
Disso se depreende que, diferentemente do que decorre da concepção de Estado Moderno advinda de conceitos liberais como Absolutismo (geralmente aplicado à França) e Constitucionalismo (geralmente aplicado à Inglaterra), o poder soberano do Estado no Antigo Regime (século XV ao XVIII) não é ainda uma força homogeneizante e jurisdicionalmente niveladora, mas configuradora de um tenso equilíbrio entre corpos jurisdicionais de poder.
A atleta demonstra irritabilidade e instabilidade emocional, queda considerável na concentração, força e resistência, consequentemente, menor capacidade de recuperação e aumento da fadiga.
Embora a compra e venda de força de trabalho tenham existido desde a antiguidade, até o século XIV não começara a se constituir uma considerável classe de trabalhadores assalariados na Europa, e ele não se tornou numericamente importante até o advento do capitalismo industrial (isto é, a produção de mercadorias em bases capitalistas, comparada com o capitalismo mercantilista que tão-somente trocava os produtos excedentes das forças anteriores de produção) no século XVIII.
Pesquisas comunicacionais relevantes que temos acompanhado têm demonstrado a força e importância deste movimento de contextualização para compreender os fenômenos na sua concretude e nas relações com seus contextos configuradores (8).
Com a decadência das áreas cafeeiras durante a República Velha, perdeu força política para São Paulo e Minas Gerais, passando a enfrentar graves problemas sociais em razão de seu crescimento rápido e desordenado.
Uma dessas condições foi a substituição da produção manufatureira -- prática incentivada pelos burgueses e caracterizada pela divisão do trabalho, que possibilitava o aumento na produção -- pela produção mecanizada, que significou a substituição do uso da força de trabalho humano pelo uso da força mecânica, que além de aumentar a produção melhorava a qualidade dos produtos.
Essa força "arrebatadora", Kate não vivencia em relação a um homem concreto, mas sim com um nume transpessoal, isto é, o deus, em forma de serpente.
O esforço central da última obra de Eugênio Trivinho consiste precisamente numa tentativa de desenhar todas as grandes linhas de força, derivações históricas e vetores políticos, econômicos e sociais da cibercultura (3).
Com isso, a concepção mais aristotélica que defende a unidade do ser humano, formado por uma alma e por um corpo, e que não vê a alma separada como uma pessoa ganha cada vez mais força (Ladaria, 2003).
A força de TFR está, a nosso ver, justamente na narração do abicu, que revela sua visão e experiência diferenciada da realidade.
A força centrífuga é a "intuição poética" enquanto que a força centrípeta é a " conversação crítica".
Nesse sentido, o Estado não é meramente um locus da luta de classes, ou instrumento da classe dominante, ou o fator de coesão social, ou a expressão de valores essenciais, ou o centro dos processos de alocação social, ou a institucionalização da força militar (como é visto pelas teorias reducionistas); é, sim, uma organização socioespacial diferente (Mann, 1992, p.
São eles que, como um germe, fecundam o espírito humano dando-lhe o viço, a retidão e a força e das palmas, símbolo da vitória do saber sobre a ignorância; são eles que integram os homens uns aos outros, mobilizando-os para uma vida mais plena, assim como a chuva que, somada aos rios, fontes e riachos, simboliza a energia vitalizadora do mar.
O dispositivo possui sensores de movimento, ângulo e força, que recuperam de forma óbvia toda a movimentação corpórea, gestos e deslocamentos, já apreendidos em outras situações vividas pelos participantes.
Sabemos que, a partir de anos de 1980, a ditadura militar brasileira perdia força e hegemonia, em parte por não mais existir o contexto político que a justificou; por outro lado, porque junto ao processo de abertura política as organizações sociais iam reestruturando-se e exercendo forte pressão por mudanças sociais e abertura política.